Jovem cria material de designer para pré-candidatos com o intuito de diminuir desigualdade na disputa política

Envolvido com política desde 2016, o jovem Leonardo Novaes, de 25 anos, sempre trabalhou na área durante campanhas liderando equipes de rua e também trabalhando de forma voluntária. Após participar de diversas ações, Leonardo notou que alguns pré-candidatos saíam em desvantagem por conta da situação financeira.

“Eu comecei a perceber que quem não tinha grana estava praticamente fora da disputa política. Isso mudou um pouco por causa da internet que elegeu muita gente sem recurso algum, mas desde 2018 eu já vinha refletindo sobre isso e notando que isso é bem desigual. Quem tem recurso entra na briga com muita chance, e quem não tem fica completamente perdido e às vezes nem conseguia se candidatar”, disse.

Foi então que, o jovem que é estudante de direito, decidiu reunir um grupo de designers para montar um material com layouts semi-prontos para os pré-candidatos que não possuem uma equipe desses profissionais.

No material, os interessados encontram modelos para cartão pessoal, adesivo de carro, panfleto A5, adesivos para camisas, além de artes para as redes sociais em formatos para o feed de notícias e story. O trabalho que custa R$149,90, está disponível nas cores azul, verde, roxo, laranja e vermelho. Os layouts são personalizáveis.

“A ideia é facilitar a vida dos pré-candidatos que farão campanha esse ano e não dispõem de recursos para contratar equipe de designer. Sabendo que muita gente tem dificuldade para fazer edições, entregamos modelos que podem se editados no Word e no PowerPoint, programas que todo mundo tem”, explicou Leonardo que é formado pelo RenovaBR, iniciativa que apoia novas lideranças políticas.

Romario Regis, de 31 anos, pré-candidato a vereador em São Gonçalo, que em 2016 se candidatou e recebeu mais de mil votos com uma campanha de custo zero, acredita que iniciativas como essa fortalecem os candidatos que não tem estruturas financeiras.

“Um dos desafios da política é a igualdade no processo de disputa, o que ainda não existe e por isso a internet pode ser o caminho para democratização dessa competitividade seja para quem já está no poder ou para quem não está. Essa possibilidade de aproximação entre essa diferença que antes era colocada pode diminuir com iniciativas como essa”, disse.

Deixe uma pergunta ou um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s