Rapper cria projeto que une música e informação para abordar o racismo no Brasil

O jovem Haladar, de 26 anos, músico e estudante de história, decidiu unir a música com informação para abordar o assunto do racismo no Brasil. Segundo o rapper, tudo começou quando ele fazia estágio como auxiliar de uma professora numa turma do ensino fundamental e surgiu um questionamento sobre o atual governo que perpetua o negacionismo do racismo no país. 

“O questionamento foi sobre o governo que estamos vivendo agora. Sobre esse lugar do ‘mimimi’, que racismo não existe, que os portugueses nem desciam das suas caravelas. A partir deste debate alguns alunos se questionaram sobre o que era ser negro e se o racismo de fato existe”, explicou o músico. 

Ao saber que os alunos curtiam rap, Haladar pensou que seria mais fácil para os estudantes se interessarem e entenderem a história do racismo através de músicas que ele mesmo compôs. E assim nasce o projeto “Música e o Brasil negro – Rio”. Uma iniciativa com lives nas redes sociais do próprio músico, que convida personalidades negras para falar sobre racismo dentro da sua área de vivência conectando com as músicas do rapper.

“A ideia principal do projeto é lançar luz a comunidade negra do Rio no século XIX e tentar retirar dali coisas que perpetuam até os dias atuais, muito que uma tentativa de explicar o racismo brasileiro. Nós não vivemos um racismo velado, vivemos um racismo brasileiro, com suas ferramentas e características”, contou Haladar.

Segundo o rapper, a música é utilizada como gatilho para levantar esses debates. O artista compôs 10 músicas que abordam esse período e a cada novo encontro, pelo menos duas delas serão apresentadas.

Com o projeto, Haladar conseguiu fazer parte de um edital de cultura do estado do governo, com o valor recebido o músico investiu em equipamentos e estrutura para realizar as lives, além de investir também em divulgação. As lives iniciaram no dia primeiro deste mês e vão até o dia 20 de setembro. 

Para acompanhar, basta seguir Haladar no Facebook e Instagram.

Deixe uma pergunta ou um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s