Creche conveniada pela prefeitura completa quinto mês sem pagamento

Sobrevivendo em meio à pandemia… e a falta de pagamento da prefeitura. Essa é a atual situação da Creche Comunitária São Francisco de Assis, do Jockey, em São Gonçalo. Enfrentar o período pandêmico não tem sido a maior dificuldade da creche, já que, a unidade que tem convênio com a prefeitura, está há cinco meses sem receber do município. 

Segundo Jacinta Rodrigues, diretora do local, as dificuldades começaram no final de 2019 quando a prefeitura começou a atrasar os pagamentos. Desde então, os repasses desse ano só foram feitos nos meses de fevereiro e março. 

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, o local continua atendendo a região e adjacências de forma remota. De 15 em 15 dias, a creche produz exercícios para a semana e os responsáveis vão na unidade buscar as atividades para aplicar para os alunos em casa. 

“Está sendo muito difícil. Estamos atrasando todas as contas que não param de chegar, nem as pessoais, muito menos as da creche. Continuamos recebendo conta de luz, por exemplo. Mesmo com a pandemia nós estamos atendendo as famílias e pior que não temos previsão para receber”, desabafou a diretora. 

Atualmente, a creche possui 10 funcionários de carteira assinada, além de atender 82 famílias. Ainda segundo Jacinta, mesmo com as reclamações e pedidos de pagamentos protocolados, a prefeitura de São Gonçalo passou a não dar nenhuma posição para a creche sobre os atrasos. 

A prefeitura de São Gonçalo foi procurada, mas não respondeu até o fechamento desta matéria.

Deixe uma pergunta ou um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s